Skip to content

Não se preocupe, o SISGR controla seus dados!





O Governo implementou o sistema SISGR para armazenar todas as informações socioeconômicas dos cidadãos de baixa renda.

Primeiramente, é necessário lembrar da importância do Cadastro Único, que mantêm os dados das famílias menos abastadas, para que essas possam recebem benefícios e contar com novos projetos.

Para melhorar e assegurar todas as informações presentes, o Governo criou o SISGR. O sistema permite o acesso aos dados, com muita rapidez, mas garante que na base eles ficam seguros.

O portal da Base Nacional do Cadastro Único e controlado por especialistas em TI, para que possua todas as facilidades e um método de uso mais intuitivo, assim todos os cidadãos podem acessar rapidamente.




Atualmente, o SISGR Caixa possui milhões de famílias cadastradas, todas com uma situação econômica parecida. Essas são separadas por estado e município.

As atualizações na plataforma são realizadas pelos colaboradores públicos, mas podem ser consultadas pelo cidadão. Tire todas as suas dúvidas e entenda o que é SISGR:

O SISGR é o nome do sistema de armazenamento de dados, onde as informações socioeconômicas e documentações ficam guardadas para a consulta. Ele foi criado pelo Governo e possui toda a segurança necessária. Ele une o Cadastro Único, o número do SIS e outros importantes elementos dos cidadãos brasileiros.

O intuito desse auxiliar tecnológico é tornar mais transparente cada solicitação e evitar as fraudes, que assolam os programas sociais.

O SIS é o número que define o Cadastro Único, conhecido anteriormente como PIS. Todo cidadão que realiza a inscrição recebe esse número. Ele é usado para o acesso ao sistema e também para a realização de solicitações e benefícios.

Vale lembrar que nem todos os portadores do NIS possuem o cadastro SISGR caixa, como ocorria com o PIS. Agora ele une também os receptivos dos programas sociais em uma só base.

Como me cadastrar no SISGR da Caixa?

cadastrado no sisgr
Não se preocupe, o SISGR controla seus dados!

Sua dúvida é “como me cadastrar no SISGR da caixa?”, veja como é simples efetuar cadastro no SISGR:




A inscrição do número do NIS é realizada por agentes, sejam eles do CRAS, Caixa, Prefeitura ou da empresa empregadora. Ele é inserido após a inscrição e todas as informações entram para o banco de dados.

Já o cidadão pode acessar e atualizar seu cadastro SISGR diretamente pelo sistema. Para isso deve comparecer a unidade da Caixa, mais próxima de sua residência, e assim pedir a liberação para o acesso ao SISGR.

No entanto, existe um grupo que deve comparecer à Prefeitura de sua cidade, ele é formado por todos os beneficiados do Programa Bolsa Família. Neste caso ele só pode ser atualizado pelos colaboradores credenciados.

Essas regras evitam que duplicidades de informações ocorram ou que mais de um número de SIS seja criado. Além disso, o acesso é muito mais rápido e pode ser realizado de qualquer local do Brasil.

Como acessar o Sistema Integrado de Segurança





O acesso ao Sistema Integrado de Segurança é realizado pelo portal da Caixa, todo regulamentado e monitorado pelo Governo. Nele, o cidadão pode escolher a melhor forma de entrada e rapidamente obter as informações necessárias.

No portal é preciso escolher entre as seguintes opções:

  • Conveniado (login por número de NIS)
  • Conveniado (login por CPF cadastrado)
  • Internacional (login por e-mail cadastrado)
  • Conveniado (login por e-mail cadastrado na base SISUR)
  • Cidadão (login com número de NIS)
  • Cidadão (login por e-mail cadastrado)

Depois basta colocar o e-mail, NIS ou qualquer outra documentação cadastrada, juntamente com o número de acesso. Para que isso ocorra é indispensável o pedido de acesso, realizado em uma agência da Caixa.

Site Oficial do Sistema Integrado de Segurança




A Caixa disponibiliza um site oficial para o acesso ao SISGR, ele é de fácil entendimento e rápido. Basta que o cidadão entre no domínio, escolha a opção desejada, coloque os dados de acesso e pronto!

O portal é seguro, graças ao controle rígido e as tecnologias empregadas em seu desenvolvimento. Caso o cidadão não possua acesso à internet, tenha dificuldade de leitura ou qualquer outro problema, ele pode procurar um agente da Caixa.

Esse profissional realizará a entrada pelo sistema interno e passará as informações para o solicitante. É crucial que esse processo seja realizado dentro de uma unidade do banco, assim as invasões e outras ações ilícitas são descartadas.

Como consultar o saldo FGTS por meio do SISGR

O FGTS é o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, ele foi criado para manter a proteção dos trabalhadores após uma demissão ou em algumas situações adversas.

Ele acumula uma determinada porcentagem em uma conta vinculada ao número do NIS, que é cadastro do cidadão. Todos os meses a empresa contratante deve deposita 8% do salário do trabalhador, diretamente na Caixa. Esse valor é propriedade do empregado e fica disponível em algumas situações.

Confira:

  •  No ato de uma demissão, que não ocorra por justa causa, o trabalhador pode recolher o montante e utilizá-lo
  • Na compra de um imóvel também é possível realizar o saque;
  • Após a finalização de um contrato trabalhista;
  • Na aposentadoria;
  • Trabalhador com mais de 70 anos;
  • Para o pagamento de prestações de imóveis adquiridos;
  • Após 3 anos de desemprego;
  • Com autorização do Governo, que pode ocorrer em massa para viabilizar a economia do país.

Ele é obrigatório para todos os cidadãos que possuem vínculo de trabalho por carteira assinada (CLT), atletas e outros grupos. Esses também devem receber todos os outros benefícios trabalhistas, tais como férias renumerados, licença saúde e 13° salário.

Para saber sobre o valor creditado, o montante e outras informações é necessário acessar o sistema. Essa consulta é realizada pelo número do CPF ou do NIS (antigo PASEP e PIS). Além disso, é indispensável possuir uma senha de acesso.

Para obter a senha, o trabalhador deve comparecer a uma unidade da Caixa e realizar o pedido. Aos que não possuem recursos, para acessar virtualmente, as agências possuem funcionários treinados para auxiliar e esclarecer as informações.

sisgr caixa cadastro

Esqueci a senha do SISGR, e agora?

Um problema muito comum, no acesso pela internet, é perda de senha. Para isso o sistema conta com um campo para a solicitação. Logo abaixo do login e da senha, existe o botão “esqueci senha” Ao clicar, é obrigatório preencher o número do NIS e seguir os passos determinados pelo site.

Um deles é um contrato para a geração de uma nova senha e a inserção da senha do Cartão Cidadão. Esses passos auxiliam na recuperação da senha do SISGR e no acesso posterior, sem a necessidade de comparecer a uma agência.

“Usuário não Cadastrado no Sistema”, o que faço?

O sistema de acesso pela internet abrange pessoas de todo o país, assim como a entrada dos programadores, gerenciadores, banco e empresas. Por isso, é comum que ocorram problemas corriqueiros ligados a tecnologia.

Por vezes, o portal encontra-se carregado, pois muitos acessos estão sendo feitos ao mesmo tempo. Nesse caso, basta esperar uns minutos e tentar novamente, na maioria dos casos a operação é concretizada com sucesso.

É comum o cidadão tentar acessar sua conta e se deparar com a mensagem: “usuário internet não cadastrado no SISGR Caixa”. No entanto, esse já compareceu na Caixa e realizou o cadastro de senha.

Não existe uma solução padrão para esse erro, já que a instituição não lista esse ocorrido como um problema frequente. Nesse caso é necessário procurar um canal de atendimento. Ele pode ser realizado por diversos meios, confira:

  •  Telefone – A central de atendimento da Caixa conta com dezenas de colaboradores disponíveis para solucionar problemas. Ligue no 0800 726 0207 para obter respostas;
  • Facebook – O banco possui uma central de relacionamento no Facebook, por lá o usuário pode realizar perguntas com rapidez e facilidade;
  • Agências – O modo mais tradicional é a procura pela agência mais próxima, mas esse leva um tempo maior. Na maioria dos casos é o único modo que conseguir solucionar o problema do acesso;
  • Google Assistente – A central também está disponível no Google Assistente e só necessita do acesso à internet.

Esses contatos podem auxiliar na entrada no SISGR e no controle de informações presentes.

Assista ao vídeo e entenda melhor sobre a consulta no sistema SISGR, como consultar o PIS e FGTS: