Skip to content

Preparado Para o Programa Minha Casa Minha Vida?





O programa Minha Casa Minha Vida foi promulgado pelo Governo Federal a fim de possibilitar facilidades e pagamento acessível a grande parte da população brasileira.

Desde sua criação, inúmeras famílias puderem ser beneficiadas com o Minha Casa Minha Vida.

Graças ao MCMV, as pessoas podem comprar uma casa nova ou um terreno para construí-la.

Dessa maneira, o Governo Federal fornece, em parcelas, o valor necessário para a compra ou construção, mediante uma pequena taxa de juros.

O Minha Casa busca proporcionar moradia própria às famílias sem comprometer sus rendas.




Isso é possível, pois, as parcelas a serem pagas mensalmente não deverão ultrapassar 10% da renda mensal da família.

Para ser elegível ao projeto Minha Casa Minha Vida, é necessário que o tomador do financiamento esteja compatível com alguns critérios pré-estabelecidos.

O Governo Federal fornece o financiamento por meio da Caixa Econômica – Minha Casa Minha Vida.

Desde que o projeto foi lançado, passou por aprimoramentos.

O Minha Casa Minha Vida em 2017, por exemplo, ampliou o limite de renda para que mais famílias pudessem ter acesso ao programa.

Para saber mais sobre o subsídio e como participar do plano Minha Casa Minha Vida, acompanhe abaixo:

programa-minha-casa-minha-vida
Preparado Para o Programa Minha Casa Minha Vida?

Inscrições do Programa Minha Casa Minha Vida





Para ser elegível ao programa de construção e compra de casas Minha Casa Minha Vida, é necessário que a família não receba mais do que 7 mil reais ao mês.

No entanto, a porcentagem de subsídio que a Caixa Econômica Federal e o Minha Casa Minha Vida irão proporcionar, será proporcional à renda da família.

A CEF paga até 90% do valor do imóvel para quem possui renda mensal de até 1.800 reais.

Acima disso, a CEF analisa as condições de pagamento para que o orçamento seja pago conforme as necessidades, como seguros.

De acordo com as regras Minha Casa Minha Vida, é necessário que o interessado se dirija à prefeitura de seu município para dar entrada no processo.

No site www.minhacasaminhavida.gov.com.br, você pode encontrar mais orientações quanto à inscrição no programa.

Para obter mais informações quanto à inscrição no Minha Casa Minha Vida, acompanhe abaixo:

Como Funciona o Programa

Para saber como funciona o programa Minha Casa Minha Vida, é importante considerar que o Governo Federal é responsável por conceder um financiamento às famílias que recebem até 7 mil reais ao mês.

Para poder participar do programa, é necessário que o interessado cumpra os seguintes requisitos:

  • Não possuir nenhum imóvel em seu nome;
  • Não possuir nenhum financiamento de imóvel em seu nome;
  • Comprovar que possui emprego remunerado;
  • Autônomos devem apresentar carnê do INSS;
  • Possuir renda mensal de até 3 salários mínimos;
  • Apresentar comprovação de renda mediante contracheque/holerite.

Para participar do programa, se sua família recebe até 1.800 reais por mês, é necessário se dirigir à prefeitura ou entidade organizadora para dar início ao processo.

Para as famílias com renda superior a 1.800 reais, é necessário se reportar diretamente a uma entidade organizadora.

Durante o andamento do processo, a Caixa Econômica irá apresentar a documentação necessária que você deverá reunir.

Assim que o financiamento é liberado, você assina o contrato e inicia-se o projeto.

Subsídio do Minha Casa Minha Vida

Existem três faixas de renda para as famílias que querem participar do programa.

Na Faixa 1 enquadram-se as famílias que possuem renda mensal de até 1.800 reais.

Para estas famílias, o subsídio pode chegar a 90 mil reais.

Na Faixa 2, enquadram-se as famílias que possuem renda mensal de até 4.000 reais.

Para estas famílias, o subsídio pode chegar a 29 mil reais.

Na Faixa 3, enquadram-se as famílias que possuem renda mensal de até 7.000 reais.

Para estas famílias, o subsídio irá depender da taxa de juros contratada.

De acordo com as regras do Minha Casa Minha Vida, é necessário que uma série de documentos seja providenciada.

Confira a documentação necessária que deverá ser reunida e presentada à Caixa Econômica:

  • Original e cópia do RG;
  • Original e cópia do CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • PIS ou Cartão Cidadão;
  • Se for casado, deverá apresentar os mesmos documentos citados acima do cônjuge.

Como Saber se Fui Aprovado?

O tempo de aprovação de um financiamento não é exata e não pode ser medida previamente com precisão.

A ABECIP – Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança indicam que o tempo médio de liberação de crédito é de 40 dias.

No entanto, a Caixa Econômica Federal costuma apontar um prazo de 10 dias corridos.

A CEF é a instituição financeira responsável por 70% dos financiamentos feitos no país.

Essa data, entretanto, não é precisa e dependerá da incidência de financiamentos, do tamanho no município e da complexidade do projeto de financiamento da casa do governo.

Assim sendo, o prazo pode se estender, e casos mais raros, a até 3 meses.

No entanto, é importante ressaltar que este prazo é estimado considerando que o projeto esteja livre de falhas.

Se houver falta de documentação, conflitos cartorários, inventários ou outras situações que podem dificultar o processo, o tempo é estendido e não pode ser previsto.

Para saber se foi aprovado, a CEF entrará em contato com você para avisá-lo ou solicitar possíveis documentações faltantes.

Mas isso não impede que você entre em contato com a agência bancária responsável pelo projeto para obter informações sobre a atualização do processo.

Além disso, você pode utilizar o contato telefônico.

O telefone Minha Casa Minha Vida disponibilizado pela Caixa é 0800 726 0101.

A ligação é gratuita e funciona de segunda à sexta, exceto em feriados nacionais.

O horário de atendimento é das 7h às 20h.