Skip to content

Tudo que você precisa saber sobre o Cadastro Único do Governo Federal





O Governo Federal do Brasil desenvolve diversos projetos voltados para famílias de baixa renda, como por exemplo, Cadastro Único,ou CadÚnico, com o objetivo de melhorar a vida das famílias brasileiras, os projetos são voltados para o desenvolvimento social e para tirar a população mais carente da pobreza extrema.

O Programa Cadastro Único de Programas Sociais está relacionado à educação, como por exemplo, as cotas em universidades públicas e o FIES, também pode ser para a manutenção da família como o bolsa família, o vale gás e o programa minha casa minha vida.




Todos esses projetos precisam identificar essas famílias para conseguir ajudá-las e para isso existe um cadastro para a participação, esse cadastro é chamado Cadastro Único, ou mais conhecido como CadÚnico, a versão mais recente deste sistema é o CadÚnico V7, consulte a prefeitura da sua cidade para maiores informações sobre esse programa.

serviços ofertados pelo cras

CRAS, o Criador de Futuros

cadastrado no sisgr

Não se preocupe, o SISGR controla seus dados!

Vamos falar um pouco mais sobre o CadÚnico, acompanhe neste artigo as informações mais relevantes sobre o assunto.

cadastro unico
Tudo que você precisa saber sobre o Cadastro Único do Governo Federal

O Que é o Programa Cadastro Único





O cadastro Único é um sistema do governo federal onde estão registradas todas as famílias em situação de vulnerabilidade social e as informações referentes a cada integrante morador da residência.

Também ficam registradas as informações das condições de moradia, a renda familiar, quantidade de filhos menores de 18 anos e total de moradores.

O Cadúnico é uma forma de ter um único cadastro para todos os projetos assim, famílias que recebem mais de um auxílio não precisam enfrentar tanta burocracia, todas as informações estão reunidas.

Como funciona o Programa CadÚnico?

O sistema cadastro único funciona como um banco de informações de todas as famílias brasileiras em situação de pobreza extrema.

Um membro da família deve procurar um CRAS mais próximo de casa e solicitar o cadastramento no sistema.

Essas famílias passam a receber visitas de agentes para realizar esse cadastramento e o acompanhamento da efetividade do projeto.

No momento do cadastramento o responsável deve apresentar pelo menos um dos documentos de cada membro da família.

Certidão de Casamento ou Certidão de Nascimento, Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor ou Carteira de Trabalho. No caso de indígenas, RANI (certidão de nascimento indígena).

Depois desse cadastro haverá uma análise das informações repassadas e a integração da família nos projetos mais pertinentes. Também será gerado o número do cadastro único, o NIS.

Para manter a participação no projeto é preciso que os dados como nascimentos, falecimentos, mudanças de endereço ou de renda sejam mantidas atualizadas, caso contrário o benefício pode ser cortado.

Benefícios do Projeto
Conheça aqui os Benefícios do Projeto

Conheça aqui os Benefícios do Projeto

O Cadúnico é um projeto com a finalidade de facilitar o monitoramento do governo das famílias de baixa renda para assim conseguir desenvolver projetos para a melhoria da sua qualidade de vida.

Ele é a porta de entrada para todos os projetos do governo, inclusive para ter isenção em concursos e vestibulares, é onde ficam registradas as informações que comprovam a vulnerabilidade de uma família.

Com ele é possível participar de programas como:

  • Bolsa Família: esse é o principal projeto de assistência às famílias, ele fornece uma verba mensal para ajudar na administração dos lares;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica: Esse projeto proporciona às famílias participantes taxas mais baixa nas contas de luz para garantir que possam sempre contar com o serviço;
  • Minha Casa Minha Vida: é o programa que permite que famílias de baixa renda possam ter acesso a moradia própria com prestações simbólicas;
  • Telefone Popular: Permite as famílias integrantes do projeto ter telefone fixo nas residências com preços acessíveis;
  • Isenção em concursos: Esse projeto tem como objetivo possibilitar a participação de pessoas de baixa renda em concursos públicos e no ENEM de forma inteiramente gratuita.

Quem está apto para o cadastro no Projeto

Podem participar do cadastro único para programas sociais todas as famílias que se enquadram nas seguintes regras:

  1. Famílias que tenham renda mensal total de menos de meio salário mínimo por membro;
  2. Famílias cuja renda total seja menor que 3 salários mínimos;
  3. Famílias com renda superior à 3 salários mínimos mas que estejam participando de programas sociais do município, estado e federal.
  4. Pessoas que vivem sozinhas em situação de rua podem solicitar o cadastramento único através dos postos de assistência social.

Em caso de dúvidas veja o vídeo para saber mais sobre o tema: